O PLANEAMENTO DOS LANCHES

A maior dificuldade que me chega através do instagram é o planeamento dos lanches semanais, combinações saudáveis, de origem vegetal ou somente soluções práticas. Estes, por vezes, são um “bicho de sete cabeças”. 🙄

Por este motivo, resolvi fazer este artigo para te explicar como planeio os meus lanches e assim, de alguma forma, conseguir ajudar-te, mostrando-te algumas sugestões de possíveis lanches – saudáveis, super práticos e saborosos.  

Aliada à dificuldade dos lanches, vejo ainda, o padrão dos alimentos permitidos VS os alimentos proibidos. Enquanto este padrão não mudar, será mais difícil conseguires construir uma relação saudável com a comida.  

O ato de comer é (pode ser) algo prazeroso, nutritivo e se possível saudável. Ainda assim, somos seres independentes, com características individuais. Logo, as preferências, as necessidades e o contexto, influenciará a tua escolha alimentar diária.  

Posto isto, primeiramente, temos de ter em mente como será (ou poderá ser) a nossa semana. 
Organizar ao máximo o nosso trabalho, rotina, horários… (embora eu saiba que por vezes não sabemos como irá ser). Nestes casos, a prevenção é sempre a solução. Isto é, ter sempre snacks connosco facilitará estas ocasiões que não houve um planeamento prévio.  

Outros aspeto importante de salientar é: Como são as tuas refeições no geral? 
(tirando a atenção somente no planeamento dos lanches da manhã e da tarde). 

Este aspeto tem muito peso na escolha e na fome que teremos em ambos os lanches.
O teu pequeno almoço influenciará, não só, o lanche da manhã, como todo o teu dia. O almoço, potenciará a energia que terás durante a tarde, tal como, a fome que sentirás à noite…  

Perante isto, é fundamental olharmos para o dia alimentar como um todo, planeando cada refeição, ou seja, a alimentação passará a ser uma das tuas prioridades, se assim te fizer sentido.  

Eu olho para o lanche como uma refeição que me vai saciar até à próxima refeição, que vai elevar os meus níveis de energia. Sendo esta uma refeição intercalar, poderá ser mais leve mas igualmente nutritiva e saborosa.  

Nesse sentido, o  planeamento dos lanches passa por garantir a: 

👉 Hidratação – não só nos lanches, mas durante o dia todo. Embora, no outono/inverno associe muitas vezes um cházinho quentinho. 

👉 Fonte de Hidrato de Carbono – Olhemos para eles pelo o que eles realmente são – uma extraordinária fonte de energia. E durante um dia de trabalho/estudo, é disto mesmo que precisamos, certo? 

👉 Fonte de proteínas – A par do HC, a proteína também nos garante um bom boost de energia,  favorecendo ainda mais a nossa saciedade.  

👉 Fonte de gorduras – São de extrema importância e devem ser incluídas numa rotina alimentar. De salientar que quando falo em gordura, refiro-me às ditas gorduras “boas” (moninsaturadas e polinsaturadas), não às saturadas ou trans.  

👉 Vitaminas e Minerais – Estes micronutrientes estão presentes na fruta, por exemplo, nas sementes ou em qualquer macronutriente acima mencionado.  

Em suma, um lanche resulta de um intervalo para recuperares os teus níveis de energia e saciedade. A escolha do mesmo resultará sempre do teu nível de fome e dos teus gostos/necessidades.  

Não há nada melhor do que testar quantidades, combinações diferentes, planear com calma a tua rotina alimentar semanal para que consigas assegurar as tuas refeições.  

Não há alimentos proibidos!

E quando entenderes isto, serás livre! Estarás mais plena e feliz. Passarás a usufruir do momento da refeição como algo bom e prazeroso. Apreciando o momento em que nutres o teu corpo, a tua mente, o teu coração.  😍

E acredita, não há nada mais gratificante do que saberes que estás a cuidar verdadeiramente de ti, dando-te a permissão de escolha. 💚

Algumas receitas ótimas para os lanches:
📌 PAPAS DE MILLET

📌 MUFFINS VEGANOS DE LARANJA E CENOURA

📌 PAPAS VEGANAS DE BULGUR

📌 PANQUECAS VEGANAS DE CENOURA E MANTEIGA DE AMÊNDOA

🎥
Aqui fica o vídeo que fiz para o canal de YouTube com os lanches desta semana.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *