Artigos

ASSUME O TEU EU INTERIOR

Olá 🙂

Hoje, falo-te mais um pouco da minha mudança, do meu ser, do meu Eu.

Quando chegas a uma determinada altura da vida onde o teu Eu não consegue ficar mais “calado”.
Quando, por diversas situações, a tua integridade e valores ficam afetados. 
Quando percebes que dia após dia já não estás a ser tu, Já não estás a ir de encontro com os teus valores.
Estás constantemente a afetar o teu Eu e com isso estás a mudar… Mudar, para pior.

Durante muitos meses senti-me desconectada comigo, já não me reconhecia nem percebia o porquê de me sentir como me sentia, de pensar como pensava, da minha autoestima estar abaixo de zero.
Durante esse tempo o meu diálogo interno dizia-me que o problema estava em tudo o que me rodeava e que não tinha capacidade de o resolver.
Quando percebes que tudo está nas tuas mãos – o resultado para a mudança -, que cada um vê, ouve e sente o mundo à sua maneira e que tu podes ser quem tu realmente és. Seres e fazeres o que realmente amas, sentires e valorizares o que queres de verdade.
Ser fiel aos teus princípios e não pactuar com determinados comportamentos.
Aí, tudo muda. 

Tenho vivido uma constante melhoria, uma constante aventura e sobretudo uma constante mudança do meu mundo.
Um mundo onde eu me sinto eu, onde tudo faz sentido, onde sou feliz e me nutro diariamente de boas e verdadeiras energias. 🙌

O medo de mudar, de assumir quem somos e o que queremos, por vezes, faz-nos parar.

Mas se nada fizermos de diferente o resultado que iremos obter com isso será o mesmo. 

O medo pode ser um sinal positivo que algo está mal, que algo está a afetar-te.
O teu inconsciente encontra alternativas. Alternativas essas, que quando o teu consciente pensa sobre elas, dá medo, suor, arrepios…

Mas o medo pode ser o impulso que precisas para saberes que está na hora de mudar.

Cada dia é uma dádiva ao qual agradeço imensamente.
Cada dia é uma nova oportunidade de ser melhor do que ontem.

Hoje, pode ser o teu dia!

O dia em que deixes de viver num mundo de aparências, de padrões definidos por opiniões alheias, deixas de ter medo ou receito de te assumires. Assumir essa pessoa maravilhosa que tens dentro de ti, que só tu conheces e sabes bem o teu potencial.
Nada exterior te afeta se tiveres consciência e certeza do que és, do que defendes e no que acreditas. Tens em ti, como eu, uma força inexplicável, recursos imensos para conseguires seguir em frente.
Tu podes escolher o rumo da tua vida, os locais onde frequentas, as pessoas com quem lidas e sobretudo podes escolher quem queres ser hoje e veres como queres ser no amanhã.

Tu és unico(a) em qualquer parte do mundo.
E ninguém te pode tirar a tua identidade. 
A vida é tua! 

Se tu mesmo(a)! 🙏

Um beijinho,

Newsletter

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply